SNC

Por mais energia!

Por mais energia!

Uma vida cheia, trabalho, faculdade, filhos, academia… Ufa! Haja energia e disposição para dar conta de tudo, não é mesmo? O cotidiano exige muito do nosso corpo, e através de estratégias nutricionais pode-se otimizar a produção energética, garantindo assim maior vitalidade.

O ATP, ou adenosina trifosfato, é a molécula que absorve, armazena e libera energia em nossas células. Quando há ingestão de alimentos, principalmente pensando em carboidratos e gorduras, eles serão digeridos, quebrados, absorvidos e metabolizados para que haja formação de ATP, que será posteriormente utilizado, conforme demanda.

Coenzima Q10, Cafeína, Creatina, L-carnitina e carboidratos, como Maltodextrina, Waxy Maize, Ribose e Palatinose, são suplementos com evidências para otimizar a produção, disponibilidade e até ressíntese de ATP.

A coenzima Q10 está localizada na membrana da mitocôndria, a “fábrica de energia” da célula. Ela é um componente-chave na cadeia de transporte de elétrons, assim, sua deficiência compromete a produção energética. Os carboidratos, como Maltodextrina, Waxy Maize e a Palatinose, também irão ser quebrados em glicose e transformados em ATP por um processo chamado glicólise.

A ribose é um carboidrato que participa da estrutura do ATP. A sua suplementação é bem evidenciada para recuperação, ou seja, ressíntese desta molécula energética após exercícios, e em pessoas com déficits na carga vital por causa de doenças, como a insuficiência cardíaca, por exemplo. Outro suplemento que também atua no recarregamento de ATP após exercícios intensos é a Creatina, e o respaldo desta é bem evidenciado e amparado na literatura.

Produtos como Cafeína ou L-carnitina estimulam a mobilização e/ou oxidação de gorduras, ou seja, caso haja demanda, o corpo irá utilizar a gordura que foi “quebrada” para formação energética. As gorduras, após a beta oxidação lipídica, promovem uma quantidade muito maior de ATP do que os carboidratos.
Além disso, a cafeína possui a capacidade de neuroestimulação, resultando em menor percepção de esforço e fadiga, bem como aumento de disposição, foco, maior liberação de endorfinas… Maior energia!

A nutrição compreende os processos bioquímicos e metabólicos e consequente melhoria na qualidade de vida. Assim, para que você possa identificar qual o melhor suplemento se adequa ao seu contexto, visando otimização da sua produção energética, procure um nutricionista.

Este texto foi escrito por Bárbara Alves, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

 

Featured Image Featured Image

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *