SNC

Glutamina e hipertrofia

Glutamina e hipertrofia

A glutamina é um aminoácido condicionalmente essencial sintetizado a partir dos aminoácidos ácido glutâmico, isoleucina e valina. Sua produção ocorre em várias regiões do corpo, principalmente no músculo esquelético, entretanto, em determinadas situações de estresse que o corpo passa, como infecções e exercícios físicos intensos, há depleção desse aminoácido. Durante o exercício físico, por exemplo, há uma alta captação de glutamina pelo fígado para a formação da glicose, pelos rins para efeitos tamponantes, devido a acidose, e pelas células do sistema imunológico para reduzir a indecência de doenças e infecções.

Sabemos a grande importância da glutamina como substrato para as células de rápida proliferação, como os enterócitos e as células do sistema imune, o que atribui a função de atuar na integridade e permeabilidade intestinal, além da ação fagocitária. Entretanto, qual seria sua relação com o processo de hipertrofia muscular?

O processo de hipertrofia muscular consiste no aumento da musculatura esquelética devido as vias de sinalização, como por exemplo a Akt mTOR, que conduzem à síntese proteica, o que aumenta a proliferação e o tamanho das células envolvidas nesse processo. Em concentrações normais, para participar desse processo de hipertrofia, a glutamina é encaminhada para dentro da célula através de um transportador dependente de sódio, sendo assim, a partir do momento que ele carreia a glutamina juntamente com esse mineral para dentro da célula, o sódio irá absorver água promovendo o aumento do volume celular por hiper hidratação, o que pode ser considerado um sinal anabólico já que consegue aumentar a absorção de determinados substratos e promover a síntese proteica, pois, após sua ação, outro transportador utiliza a glutamina como substrato de efluxo para absorção de outros aminoácidos, ou seja, facilita a passagem de aminoácidos essenciais para dentro da célula, em especial a leucina, que nesse meio consegue ativar a via Akt mTOR mais rapidamente, gerando o processo de hipertrofia muscular.

Sendo assim, a maior concentração de glutamina intracelular fornece a maior absorção de aminoácidos, propiciando a melhor sinalização da via Akt mTOR.

Devido à grande importância desse aminoácido para diversas funções no organismo, em especial o processo do ganho de massa muscular, é importante garantir que este esteja em quantidades ideais, sendo a suplementação a forma mais eficaz. Para isso é importante procurar um nutricionista que adeque esse consumo de acordo com as necessidades individuais de cada um.

Este texto foi escrito por Isabel Oliveira, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)”

Featured Image Featured Image

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *