SNC

Glutamina e emagrecimento

Glutamina e emagrecimento

Você já ouviu falar da glutamina? Este é um aminoácido considerado condicionalmente essencial, pois o nosso corpo tem a capacidade de produzi-lo. Contudo, em situações de stress, traumas (queimaduras, ferimentos, etc.) e prática de exercício físico, essa produção torna-se insuficiente para a demanda do organismo, sendo necessário o consumo através da alimentação/suplementação.

Mas você sabia que ela pode ser encontrada no mercado de duas formas? A L-glutamina ou glutamina livre e a glutamina ligada à alanina, conhecida também como glutamina dipeptídeo. O público que busca a utilização desse aminoácido na forma livre em geral visa melhora nos parâmetros de saúde intestinal, imunidade ou até hipertrofia muscular, já a glutamina na forma de dipeptídeo possui mais características anticatabólicas, favorecendo o seu uso para pessoas que objetivam o ganho de massa muscular.

A L-glutamina é a forma que consegue agir de maneira mais efetiva no emagrecimento. Logo, para entender sua funcionalidade, vamos pensar nos dois perfis de indivíduos que buscam este objetivo. Existem aqueles que querem uma pequena perda de peso de 2 ou 3 quilos para fins estéticos. E por outro lado, existem pessoas com sobrepeso e/ou obesidade que precisam perder peso de forma significativa para melhora da saúde, são pessoas expostas cronicamente ao stress, desta forma, o uso da glutamina para esse público é ainda mais importante.

Pessoas com sobrepeso e obesidade, na sua grande maioria são fisicamente inativos, ou seja, não praticam atividade física programada. Ao iniciar o processo de perda de peso, o exercício físico é essencial, e a depender da intensidade o sistema imunológico pode ser afetado negativamente. É preciso lembrar que os níveis imunológicos somente são reduzidos em exercícios extremamente intensos, entretanto estamos falando de indivíduos sedentários, onde qualquer carga de exercícios pode alcançar facilmente essa intensidade, em especial nas primeiras semanas. Sendo assim, o uso da glutamina pode auxiliar na manutenção da imunidade, impedindo que esse indivíduo pare a prática dos exercícios e comprometa o gasto calórico necessário para o emagrecimento, além de reduzir dor muscular tardia.

Alguns estudos também mostram uma importante relação do uso de L-glutamina e melhora da microbiota intestinal, exercendo portanto, uma função “probiótica”. Esses estudos mostram que ao utilizar a glutamina, a razão entre as bactérias intestinais dos filos firmicutes/bacteroidetes é diminuída, mostrando assim uma maior colonização de bacteroidetes em comparação com os firmicutes. É importante lembrar que as bactérias gram negativas do filo firmicutes quando em excesso no intestino, promovem a liberação de LPS (lipopolissacarídeo) substância altamente inflamatória capaz de lesionar as células intestinais absortivas (enterócitos), aumentando a permeabilidade intestinal e causando uma inflamação sistêmica em diversos tecidos, inclusive o tecido adiposo, dificultando assim o processo de emagrecimento.

A glutamina pode também ser responsável pelo estímulo ao hormônio GLP1 (hormônio semelhante ao glucagon) que tem relação positiva com a saciedade, ou seja, quanto mais GLP1 circulante, mais saciado o indivíduo se encontra. Os estudos mais recentes mostram que a utilização de pelo menos 15g desse aminoácido é capaz de promover a saciedade. Logo, torna-se importante para o processo de perda de gordura corporal, uma vez que a ingestão calórica aumentada pode promover um balanço energético positivo e desta forma favorecer o ganho de peso.

Agora que vocês já sabem como a glutamina pode auxiliar no processo de emagrecimento, vale a pena conversar com o seu nutricionista e verificar a possibilidade de uso deste suplemento alimentar em sua dieta.

Este texto foi escrito por Rafael Teixeira, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

Featured Image Featured Image

2 thoughts on “Glutamina e emagrecimento

  1. Sou leiga. Estou com sobrepeso e buscando alternativas para ajustar meu peso. Tenho 60 anos, parei de caminhar há 4 anos por conta de doença grave. Estou me preparando para voltar. Não tenho problemas, exames normais a exceção da glicemia, em torno de 100. Gostaria de uma orientação quanto a produtos que possam me auxiliar.

    1. Olá Talia!! Muito bom que vai poder voltar a se exercitar, isso é um dos principais fatores para a perda de peso. Existem muitos produtos que podem te ajudar, e a glutamina é um deles! Se você puder, sugiro que passe em alguma das 6 lojas da SNC nos shoppings de salvador e converse com alguém da equipe de nutrição, desta forma as informações serão passadas com mais clareza. Mas posso te sugerir alguns produtos que podem ser válidos.

      Termogênicos e óleos emagrecedores (Omega 3 e óleo de cartamo), são boas alternativas para aumentar o metabolismo e facilitar a “quebra” da gordura.
      Glutamina, prebioticos e probioticos, para garantir um tratamento intestinal. Desta forma o emagrecimento é facilitado.
      Proteínas, podem ajudar na saciedade e na manutenção da musculatura durante o processo de emagrecimento, além de facilitar esse processo também por outras vias.
      Picolinato de cromo, é uma alternativa muito boa para o controle da glicemia (que você disse está um pouco alterada). E esse controle ajuda muito o processo de emagrecimento.
      Enfim, esses são alguns dos principais suplementos, mas ainda existem muitos outros. Lembro também que pode ser que não seja necessário a utilização de todos esses, por isso saliento a inportância de você comparecer em loja e conversar com a nossa equipe de nutrição. Ficaremos muito feliz em lhe receber. Espero ter ajudado. Abraços!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *