SNC

Biogênese ribossomal, já ouviu falar?

Biogênese ribossomal, já ouviu falar?

Em tempos de super valorização da hipertrofia muscular os estudos sobre os mecanismos envolvidos na síntese proteica e, consequentemente, construção de músculos são inúmeros!  Muito provavelmente, ao ler essas primeiras linhas deve esta vindo à cabeça de vocês palavras como consumo de proteínas, musculação… Ou em um pensamento um pouco mais científico, em sinalização de mTOR, peptídeos bioativos e aminoácidos sinalizadores, por exemplo…  Mas vocês já ouviram falar em biogênese ribossomal ?! Já pararam pra pensar na importância desse processo fisiológico e em como a formação e trabalho dos seus ribossomos influenciam no desenvolvimento muscular? Então precisamos falar sobre isso!

O conhecimento atual sobre a biogênese do ribossomo (RiBi) em seres humanos está apenas começando a sondar as complexidades da construção de ribossomos (Farley e Basega, 2016). A biogênese do ribossomo é o principal determinante da capacidade de tradução da célula e, consequentemente, tem um papel essencial no controle de crescimento celular em eucariotas. A evidência acumulada apoia a hipótese de que a biogênese ribossomal tem um papel importante na regulação da massa muscular esquelética.

Dada necessidade de biogênese do ribossomo no crescimento celular, não é surpreendente que o aumento do tamanho das células que ocorre durante a hipertrofia muscular requer um aumento na biogênese ribossomal. A maioria dos estudos que investigaram o papel da biogênese do ribossomo no músculo estriado tem focado, de acordo com os autores, no músculo cardíaco. Contudo, Chaillou et al (2014) nos mostram que novas ideias sugerem que a biogênese do ribossomo pode também ter um papel importante no controle da massa muscular esquelética em resposta a mudanças em atividade contrátil, onde hipóteses destacam a biogênese dessa molécula como mecanismo central usado pelo músculo esquelético para regular a síntese proteica e controlar a massa muscular esquelética em resposta a estímulos anabolizantes e catabólicos.

Os ribossomos são máquinas macromoleculares complexas responsáveis pela tradução de todos os RNAs mensageiros (mRNAs) celulares em suas proteínas equivalentes. Essas máquinas são essenciais para a vida e o processo de fazer ribossomos é altamente coordenado e regulado. Os estudos dizem que a produção de ribossomos é um processo fundamental de vários passos e um desafio celular extraordinariamente complicado, contudo, seus processos são fundamentais na determinação da taxa de síntese proteica, junto aos outros mecanismos já existentes, como a cascata Akt/mTOR, que parece se relacionar com essa via em dado momento da produção proteica.

Apesar de se tratar de um tema complexo é muito válido apresentá-lo para a divulgação de um sistema tão relevante que é a síntese de ribossomos e a sua importância para o crescimento celular, todavia, é preciso entender que outros processos cruciais para a homeostase corporal também envolvem os ribossomos e erros durante o seu processamento pode desencadear o que é referido na literatura como ribossomopatias, já relacionadas hoje com situações clínicas como atrofia por desuso, sarcopenia e cânceres. Mas, desde que eles estejam trabalhando corretamente suas funções são determinantes e super positivas.  Saúde e vida longa aos seus ribossomos!

“Este texto foi escrito por Juliana de Andrade, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)”

Featured Image Featured Image

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *